terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Les dangers du café

Adorei esse vídeo e essa chanson sobre café! Adoro café, mas sempre bebi moderadamente. É bem verdade que em local de trabalho ele faz sucesso e eu, quando estagiava, fazia uso diariamente... Prefiro café no fim de tarde ou à noitinha, sempre preferi o carioca, não muito forte, e era assim que o tomava lá. Porém, as diversas manhãs que compartilho com a Déa (todo dia de manhã ela faz um café fresquinho que não tem como resistir!) e a máquina maravilhosa de café que meu amigo Fernando tem em casa, me fizeram apreciar o café forte. Em casa, raramente tomo, acho que tenho preferência pelo café dos outros! rsrsrs Mas aos viciadinhos no líquido preto, cuidado! Atenção para les dangers du café!

2 comentários:

nora disse...

Oi, Ju.
Café me lembra meu tio, que tinha um sitio em que plantava e moia café.
café me lembra a casa da minha avó, á tarde, e o preparo que ela fazia para receber as visitas.
café me lembra um ex namorado que tinha me ensinado a apreciar
café, no final das contas, me deixou com gastrite, e por eu não ter ligação direta com esta bebida, passei a não beber
Mas o café faz parte da minha memória sensorial. O cheiro, a cor, as músicas que falam de café, os gestuais de quem o pratica
Eu sou fã de leite, e agora de chá.
bisous

Andréa disse...

muito bom, juju!
mas que medo que me deu!
ahahah
beijos